Página inicial

Notícia > Mundo

  • 25.12.2016 - 06:04

    TRAGÉDIA: avião russo com 92 pessoas a bordo cai no Mar Negro

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

     Um avião Tu-154 do Ministério da Defesa russo caiu no mar Negro, a 1,5 km de distância da zona costeira, com 92 pessoas a bordo (84 passageiros e 8 membros da tripulação), diz uma fonte nas forças de segurança russas.

    Destroços do avião foram encontrados a 1,5 km da costa do mar Negro na profundidade de 50-70 metros, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

    O presidente do comitê do Conselho da Federação para a defesa e segurança, Viktor Ozerov, afirma que não há nenhuma hipótese de ter sido um atentado, apontando para uma falha técnica ou erro de pilotagem como causas do acidente.

    "Eu nem considero a hipótese de um atentado. É um avião do Ministério da Defesa, estava no espaço aéreo da Federação da Rússia, tal cenário não é possível ", afirmou Ozerov.

    O representante oficial do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov, disse que uma comissão encabeçada pelo vice-ministro da Defesa russo, general Pavel Popov. partiu para Adler (região na cidade de Sochi de onde partiu o avião) para acompanhar a investigação do caso.

    O Comitê de Inquérito russo, representado pela chefe em exercício da direção para cooperação com a mídia, Svetlana Petrenko, comunicou que, na sequência da tragédia, será aberto um processo penal em conformidade com o artigo sobre a violação das regras da realização dos voos.

     

    Entre os passageiros a bordo estava um grupo de músicos que planejava felicitar os militares russos na Síria pelo Ano Novo e vários jornalistas dos principais canais de TV, tais como o Pervy (Primeiro Canal em russo). A assessoria de imprensa do canal já comunicou os nomes dos jornalistas que seguiam no avião: o correspondente Dmitry Runkov, o operador Vadim Denisov e o operador de som Aleksandr Soydov. Outro canal russo, Zvezda (Estrela) também afirmou que a bordo viajavam um grupo de filmagem composto por três pessoas, além dos músicos do Ensemble Aleksandrov, um coro militar das Forças Armadas Russas fundado ainda na época da União Soviética. (Sputnik),

    POR NOTÍCIAS AO MINUTO