Página inicial

Notícia > Estadual

  • 08.12.2015 - 06:50

    RC anuncia contratação de 200 agentes para combater o zika vírus

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

     Em um encontro ocorrido na tarde desta segunda-feira (7), no Palácio da redenção, em João Pessoa, o governador Ricardo Coutinho reuniu os secretários de Estado e auxiliares para traçar as diretrizes do Plano Estadual de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor do zika vírus, dengue e chikungunya, e discutir o plano assistencial às vítimas de microcefalia. Ricardo anunciou que um dos esforços do governo do Estado será contratar 200 agentes e disponibilizá-los aos municípios com maior incidência de casos da doença.

    Nesta terça-feira (8), Ricardo participa de reunião com a presidente Dilma Rousseff e governadores de todos os Estados, em Brasília (DF), para articular medidas em nível nacional de combate ao zika vírus, diante do aumento do número de casos e a relação com a microcefalia. 

    “Teremos uma reunião amanhã com a presidente Dilma e com o governo federal porque é fundamental compatibilizar as coisas. Efetivamente esse vai ser um esforço muito grande de conscientizar a sociedade”, pontuou o governador. 

    O governador também ressaltou que é essencial que as pessoas não espalhem nas redes sociais o pânico, evitem postar ou compartilhar coisas que não são verdadeiras. “Faço um apelo para que as pessoas não repassem, não espalhem coisas que não são verdadeiras. Informação oficial, vinda dos poderes públicos, Estado e municípios é o que vale. Isto é fundamental para que a gente ganhe essa guerra que será travada pela sociedade como um todo e também pelos poderes constituídos”, alertou. 

    Ricardo Coutinho anunciou que o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba também participará de ações do Plano Estadual de combate ao Aedes aegypti, como também o Estado solicitará a colaboração do Exército brasileiro. Ele adiantou também que conta com decisões urgentes do Congresso Nacional em termos de equalização do orçamento da União para a saúde. 

    A secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, explicou que o Plano Estadual discutido na reunião com o governador é interssetorial, envolve todas as Secretarias de Estado e órgãos da administração indireta e, nesta quarta-feira (9), o governo federal, por meio do Ministério da Saúde, reunirá em Brasília todos os secretários estaduais de saúde para tratar do tema. 

    Roberta informou que, no momento, de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde, a Paraíba apresenta 316 casos suspeitos de microcefalia. “Casos suspeitos porque a microcefalia necessita também de uma confirmação feita através de exame de imagem para saber se tem a alteração conjunta em nível cerebral e dentro desses casos suspeitos nós temos a confirmação de dois casos que não são de nascidos, são duas gestantes do município de Juazeirinho, onde foi constatado caso de microcefalia e associação com o zika vírus dentro do líquido amniótico”, observou.