Página inicial

Notícia > Mundo

  • 28.06.2018 - 06:55

    Modelo posa nua perto do Muro das Lamentações e causa indignação

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    modelo belga Marisa Papen causou indignação em judeus e muçulmanos ao publicar, no site que mantém, uma fotografia de si mesma nua, inclinada sobre uma cadeira, em cima de um telhado. Nada demais para a jovem de 26 anos que é ativista do nudismo. O problema é que um o "cenário" da imagem é a  Esplanada das Mesquitas, onde fica o Muro das Lamentações e o Monte do Templo.

    Bastião de fé, a Esplanada das Mesquitas é considerada sagrada para os dois povos e responsável por atrair de milhares de fiéis para Israel. O ensaio fotográfico foi condenado pelo rabino Shmuel Rabinowitz, que o considerou "vergonhoso, sério e entristecedor".

    Conforme o líder religioso, a imagem subestima a santidade do lugar e os sentimentos daqueles que o visitam. De acordo com a AFP, Papen foi detida por 24 horas no Egito, no ano passado, por posar nua em frente ao Templo Karnak.

    A modelo respondeu às críticas no artigo "O Muro da Vergonha". No texto, publicado no mesmo site, ela explica que depois do Egito quis "testar ainda mais as fronteiras da religião e da política (mostrando assim) a religião pessoal num mundo onde a liberdade está a tornar-se um artigo de luxo".

    Resultado de imagem para Modelo Marisa Papen

    Resultado de imagem para Modelo Marisa Papen

    Resultado de imagem para Modelo Marisa Papen