Página inicial

Notícia >

  • 25.10.2011 - 19:56

    Tribunal de Justiça atesta legalidade da greve do Fisco; sindicato vê lógica na decisão

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Os fiscais estão em greve desde o dia 5 de outubro e reivindicam o pagamento do subsidio

     

    O juiz Ricardo Vital decidiu no inicio da noite desta terça-feira, 25, rejeitar o pedido do governo do estado que solicitou a ilegalidade da greve dos agentes fiscais da Paraíba e com isso decretar a legalidade do movimento. O presidente do Sindifisco, Victor Hugo, comemorou a decisão e disse que ela representa uma prova cabal da lógica da greve.

    “O juiz reconhece em sua decisão que os fiscais estão lutando pelo cumprimento de uma lei, que desde janeiro o governo vem desrespeitando. É a prova cabal de que o movimento tem sentido, tem lógica e é legal”, declarou Hugo ao WSCOM Online.

    Os fiscais estão em greve desde o dia 5 de outubro e reivindicam o pagamento do subsidio instituído pelo governador Cássio Cunha Lima, pago pelo governador José Maranhão, mas interrompido pelo governador Ricardo Coutinho, sob a alegação de que não pode pagar, devido o estado está infringindo a Lei de Responsabilidade Fiscal.

    Marcos Wéric