Página inicial

Notícia > Esportes

  • 27.11.2017 - 08:40

    Santos vence Fla e garante vaga na fase de grupos da Libertadores

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Santos venceu o Flamengo neste domingo (26) por 2 a 1, no Rio, e garantiu vaga direta para a fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores.

     

    Com a vitória, o clube paulista chega aos mesmos 62 pontos do vice-líder Grêmio, mas fica em terceiro nos critérios de desempate, por ter uma vitória a menos (18 a 17).

    No entanto, ambos podem ser ultrapassados na classificação caso o Palmeiras vença o Botafogo, em partida que será disputada nesta segunda-feira (27), às 20h, no Allianz Parque.

    Em seu primeiro jogo após o afastamento do meia Lucas Lima, a equipe alvinegra, que precisava apenas do empate para alcançar seu objetivo de classificação, saiu atrás no placar logo aos 6 minutos. Lucas Paquetá marcou de cabeça para para o Flamengo.

    Vasco vence o Cruzeiro e seca o Botafogo para ficar no G-7

    O empate veio na sequência, com Bruno Henrique, aos 10 min. A virada saiu no segundo tempo, aos 28 min, em falha do goleiro Muralha, após chute do atacante Arthur Gomes. A torcida do time rubro-negro não perdoou e vaiou muito atleta, marcado por uma série de falhas ao longo da temporada.

    O Santos, que ainda briga pelo vice-campeonato, enfrenta o Avaí na Vila Belmiro, no próximo domingo (3), às 17h, em partida válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro. 

    FLAMENGO

    Alex Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê; Cuéllar, Willian Arão (Vinicius Júnior) e Diego (Geuvânio); Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Felipe Vizeu (Lincoln).

    T.: Reinaldo Rueda

    SANTOS

    Vanderlei, Victor Ferraz, Fábian Noguera, Luiz Felipe e Jean Mota; Alison, Renato, Vecchio; Copete (Arthur Gomes), Ricardo Oliveira e Bruno Henrique (Matheus Jesus).

    T.: Elano

    Gols: Lucas Paquetá, aos 6min, e Bruno Henrique, aos 10min do 1º tempo; Arthur Gomes, aos 28min do 2º tempo

    Cartões amarelos: Diego, Felipe Vizeu e Réver (F); Matheus Oliveira e Jean Mota (S)

    Estádio: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ)

    Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

    Com informações da Folhapress