Página inicial

Notícia > Diversos

  • 22.11.2018 - 06:18

    Romaria da Penha: PM já tem esquema de segurança

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    A Polícia Militar apresentou o plano de segurança para a 255ª edição da Romaria da Penha, que acontece neste final de semana em João Pessoa. O evento, que tem quase 14 quilômetros de extensão e que começa na noite do sábado (24) e termina no domingo (25), contará com 895 policiais militares. A apresentação do plano aconteceu no Comando Geral da corporação, e contou com a presença de diversos órgãos operativos de segurança.

    Os fiéis e romeiros contarão com o apoio de mais de 90 viaturas de área, motocicletas e apoio logístico. “Ainda teremos viatura de videomonitoramento, drones e 21 postos e plataformas de observação policial (POPs), o que maximizará ainda mais a atuação policial durante todo o trajeto”, explicou o coronel Lívio Delgado, comandante Regional Metropolitano.

    A PM acompanhará a concentração dos fiéis, que ocorrerá a partir das 18h na Igreja Nossa Senhora de Lourdes no sábado (24), na avenida João Machado, até o fim do trajeto, no Santuário de Nossa Senhora da Penha. A parte profana da Romaria, que acontece no domingo (25), será acompanhada até o fim, por volta das 18h. Para isso, a corporação empregará diversas modalidades e processos de policiamento, além de Batalhões de área como 1º e 5º BPM, unidades especializadas como o Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Trânsito (BPTran), Batalhão Ambiental (BPAmb), Regimento de Polícia Montada (RPMont), Força Regional, Companhia de Atendimento ao Turista (CEATur). O policiamento da Romaria da Penha ainda terá apoio do Centro de Educação e do Alto Comando da corporação.

    A apresentação do planejamento e do esquema de segurança contou com a participação do Estado-Maior Estratégico da PM, comandantes de unidades da região metropolitana, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Secretaria da Segurança e Defesa Social, e de órgãos operativos municipais que atuarão na Romaria. “A ação será integrada com os diversos órgãos municipais, estaduais e Arquidiocese, visando trazer tranquilidade para os fiéis e romeiros”, ressaltou o coronel Lívio.