Página inicial

Notícia > Esportes

  • 27.06.2018 - 06:15

    RAÇA: Messi valoriza sofrimento argentino para avançar: “Deus está conosco”

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

     Deus é argentino. Quem pensa assim é o meia Lionel Messi, que agradeceu aos céus após a sofrida classificação do seu país às oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. A Argentina ganhou por 2 a 1 da Nigéria nesta terça-feira, em São Petersburgo, com um gol anotado pelo defensor Marcos Rojo aos 40 minutos do segundo tempo.

    “Ficar fora seria muito feio e injusto. Na primeira partida (empate por 1 a 1 com a Islândia, com pênalti perdido pelo próprio Messi), que merecíamos ganhar, fiquei com raiva do pênalti. Na segunda (derrota por 3 a 0 para a Croácia), até o 1 a 0 estávamos bem, mas nos desordenamos e ficamos em uma situação complicada”, recordou. “Mas eu sabia que Deus está conosco, que não nos deixaria fora”, arrematou, sorridente.

    O sofrimento foi valorizado por Messi, para quem a Argentina chegará fortalecida às oitavas de final contra a França, às 11 horas (de Brasília) de sábado, em Kazan. “Houve nervosismo, ansiedade, mas é maravilhoso ganhar dessa maneira. Sabíamos que tínhamos uma oportunidade caída do céu após não ganhar os jogos anteriores”, celebrou, respeitoso ao próximo adversário. “Obviamente, vimos todas as partidas da França. É uma seleção muito completa, com jogadores de primeiro nível em todos os setores do campo”, elogiou.

    Por fim, o astro do Barcelona se dirigiu aos torcedores argentinos, que lotaram o Estádio Krestovsky e incentivaram a equipe dirigida por Jorge Sampaoli mesmo nos momentos de dificuldade contra os nigerianos.

     

     

    “Quero agradecer a toda essa gente pelo sacrifício enorme que fazem para estar aqui. As pessoas que estão na Argentina também sofrem conosco. Em nenhum momento, deixaram se influenciar pelas besteiras que são ditas, demonstrando que a camisa da seleção está acima de tudo”, discursou Lionel Messi.(gazataesportiva)