Página inicial

Notícia > Esportes

  • 30.07.2018 - 10:14

    Flamengo goleia o Sport e mantém liderança do Brasileirão

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

     O Flamengo não encontrou a menor dificuldade para manter a liderança do Campeonato Brasileiro Série A. Em partida disputada na tarde deste domingo, no Maracanã, o Rubro-Negro da Gávea goleou o Sport por 4 a 1. O resultado fez o Flamengo chegar aos 34 pontos ganhos, dois a mais do que o São Paulo. Já o Sport completou a quarta derrota seguida.

    O Leão da Ilha segue com 19 pontos ganhos, na 12ª posição. Os gols do Flamengo foram marcados por Réver, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro e Uribe. Cláudio Winck descontou para o Leão da Ilha do Retiro.

    Foi uma vitória fácil do Flamengo que dominou completamente e não se assustou, nem quando o Sport empatou no final do primeiro tempo. Jogando em velocidade e com ótima atuação de Marlos, o time comandado por Maurício Barbieri poderia até aplicado um placar maior se não tivesse desperdiçado chances importantes. O Sport voltou a mostrar que está em má fase. Um time sem força ofensiva e que tem no espírito de luta a sua única qualidade. A nova derrota ameaça o cargo de Claudinei Oliveira.

    Na próxima rodada, o Flamengo vai visitar o Grêmio, em Porto Alegre. O Sport vai receber a Chapecoense, na Ilha do Retiro.

    O jogo

    O Flamengo começou no ataque e antes do primeiro minuto, Cuellar arriscou e mandou para fora. No minuto seguinte, após cruzamento de Marlos, a bola sobrou para Diego que concluiu para fora. O time da Gávea seguia pressionando e, aos quatro minutos, Diego bateu escanteio, a defesa rebateu e Éverton Ribeiro concluiu para defesa de Magrão.

    Muito recuado, o Sport apenas se preocupava em bloquear as investidas do adversário e não tinha forças para incomodar a defesa carioca.

    Aos 13 minutos, o Flamengo marcou o primeiro gol. Diego bateu escanteio, Réver dividiu de cabeça com Ronaldo Alves e depois completou de pé para as redes de Magrão.

    A vantagem não fez a equipe da casa reduzir o ritmo. O Flamengo seguiu pressionando, enquanto o Sport se mostrava inofensivo no ataque.

    Aos 19 minutos foi a vez de Cuellar mandar uma bomba de fora da área. Magrão espalmou para escanteio.
    Aos 20 minutos, o técnico Claudinei Oliveira, preocupado com as investidas pela esquerda, trocou o lateral Raul Prata por Cláudio Winck.

    O Sport criou a primeira jogada de perigo aos 28 minutos. Gabriel investiu pela direita e lançou Marlone que chutou para fora.

    No Flamengo, Marlos fazia sua melhor exibição e dava muito trabalho aos zagueiros. Aos 31 minutos, ele entrou na área driblando e caiu ao se chocar com Léo Ortiz. A torcida pediu pênalti, mas o árbitro nada marcou.

    O time dirigido por Maurício Barbieri criou outro bom momento aos 37 minutos, quando Rodinei arrancou pela direita e cruzou, mas os atacantes chegaram atrasados.

    Mesmo sem realizar uma grande partida, o Sport marcou o gol do empate aos 43 minutos. Marlone recebeu de Rafael Marques e cruzou para a entrada de Cláudio Wick que, inteiramente livre, cabeceou sem chances para Diego Alves.

    Se o Sport pensava segurar a vantagem, a intenção durou apenas dois minutos. Após cruzamento de Renê, Uribe escorou e Lucas Paquetá chutou forte para marcar. A pressão continuou e o time carioca ampliou a vantagem aos cinco minutos. Éverton Ribeiro recebeu de Marlos e mandou uma bomba no ângulo direito de Magrão que se esticou, mas não conseguiu fazer a defesa.

    O Sport se desarvorou completamente e o Flamengo quase ampliou aos sete, mas Lucas Paquetá tentou fazer uma cavadinha e desperdiçou a oportunidade.

    Aos 18 minutos, Uribe marcou o quarto gol. O atacante recebeu na entrada da área e chutou fraco, mas Magrão falhou ao tentar a defesa e permitiu que a bola entrasse. Foi o primeiro gol do atacante colombiano com a camisa do rubro-negro carioca.

    Com o Sport inteiramente batido, o Flamengo passou a tocar a bola. O técnico Maurício Barbieri fez substituições para poupar alguns titulares. Aos 32 minutos, o time carioca ainda desperdiçou nova oportunidade. Geuvânio investiu pela direita e cruzou para Uribe que pegou mal na bola e desperdiçou a chance. Aos 36, Uribe perdeu outra chance. O atacante foi lançado por Renê e tentou encobrir Magrão, mas mandou por cima do travessão.

    O Sport só deu sinal de vida aos 42 minutos quando Carlos Henrique invadiu a área e trombou em dividida com Léo Duarte, mas o árbitro não marcou o pênalti perdido pelo atacante do time pernambucano.

    FICHA TÉCNICA
    FLAMENGO 4 X 1 SPORT

    Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
    Data: 29 de julho de 2018 (domingo)
    Hora: 16h (de Brasília)
    Público: 53.591 pagantes
    Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
    Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
    Cartão Amarelo: Léo Duarte(Fla)

    Gols:
    FLAMENGO: Réver, aos 13 minutos do primeiro tempo; Lucas Paquetá aos dois, Éverton Ribeiro aos cinco e Uribe, aos 18 minutos do segundo tempo.
    SPORT: Cláudio Winck, aos 43 minutos do primeiro tempo

    FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego(Paolo Guerrero) e Éverton Ribeiro(Geuvânio); Marlos(Jean Lucas) e Uribe
    Técnico: Maurício Barbieri

    SPORT: Magrão; Raul Prata(Cláudio Winck), Ronaldo Alves, Léo Ortiz e Sander; Deivid(Ferreira), Fellipe Bastos, Marlone e Michel Bastos(Carlos Henrique): Gabriel e Rafael Marques
    Técnico: Claudinei Oliveira

    Gazeta Esportiva