Página inicial

Notícia > Mundo

  • 11.06.2018 - 23:07

    Em Singapura, Donald Trump e Kim Jong-un dão aperto de mão histórico

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    São Paulo – Começou agora (22h horário de Brasília, 9h horário local) o encontro entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, no Capella Hotel, em Singapura, no que é a primeira cúpula entre líderes destes países em exercício do cargo.

    Em um gesto simbólico, a dupla deu um aperto de mão histórico, que sinaliza a abertura para as negociações sobre o programa nuclear norte-coreano. O encontro era impensável até pouco tempo atrás, quando os líderes trocavam insultos e provocações.

    Sentados lado a lado, Kim e Trump falaram brevemente aos jornalistas. O primeiro lembrou que a cúpula acontece depois de terem “vencido muitos obstáculos”, enquanto o americano disse esperar que os países mantenham “um ótimo relacionamento”.

    Agora, os líderes irão se reunir a sós em uma sala separada, mas não se sabe por quanto tempo irão conversar. A expectativa, no entanto, é a de que as conversas desta rodada sejam um primeiro passo rumo à um entendimento entre os países e novas reuniões são esperadas pelos próximos meses. Depois, serão acompanhados de assessores para uma reunião aberta.

    A rede de notícias americana CNN registrou o momento da chegada de Kimao Capella Hotel e, posteriormente, a de Trump. (Exame.com)