Página inicial

Notícia > Esportes

  • 02.08.2018 - 05:17

    Corintianos celebram vitória, mas admitem que faltou “matar” o jogo

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

     Os jogadores do Corinthians deixaram o gramado da Arena conformados com a margem mínima estabelecida sobre a Chapecoense, na noite desta quarta-feira, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil., mas reconheceram que o time poderia ter conseguido mais que o 1 a 0 sobre os catarinenses. Além do gol de Romero, a equipe emplacou outras duas bolas na trave adversária.

    “Pecamos um pouco na hora de matar a partida, mas agora é jogar bem lá em Chapecó. Não jogar com o regulamento embaixo do braço, procurar vencer. Se não vencer, um empate leva a gente para a semifinal da Copa do Brasil”, explicou o volante, que teve talvez a opinião mais crítica dentro do elenco.

    “É pensar que também tem vantagem, Conseguimos na hora em que se esperava. Vantagem mínima, mas é uma vantagem”, comentou o meia Mateus Vital, colocado no lugar de Clayson, atleta liberado para ajudar a família depois da morte da sua sogra no começo da semana.

    Gazeta