Página inicial

Notícia > Esportes

  • 17.08.2018 - 05:20

    Botafogo vence Nacional-PAR e pega o Bahia na Sul-Americana

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Botafogo não decepcionou a torcida que lotou o Engenhão nesta quinta-feira (16). A vitória por 2 a 0 sobre o Nacional (PAR) foi o suficiente para o time se classificar para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Os gols foram marcados por Rodrigo Lindoso e Leo Valencia.

    Agora, o Botafogo encara o Bahia nas oitavas de final. Antes disso, porém, o time alvinegro volta a campo no domingo, quando receberá o Atlético-MG, no mesmo Engenhão, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.O destaque do triunfo carioca foi Rodrigo Lindoso. O volante tem se mostrado cada vez mais importante no esquema do Botafogo. Além da forte marcação, o jogador tem sido muito participativo na criação das jogadas. Nesta quinta, ainda foi decisivo ao marcar o gol do Botafogo, de cabeça.

    A torcida do Botafogo fez lindo espetáculo. Comprou todos os ingressos colocados a venda e lotou o Nilton Santos. Foram quase 38 mil ingressos vendidos para acompanhar a classificação alvinegra.

    Precisando da vitória, o Botafogo partiu para cima do Nacional-PAR. Aos 19min, o time chegou a abrir o placar, mas viu o lance ser anulado. Leo Valencia jogou na área, mas Igor Rabelo estava impedido. Os atletas reclamaram que o toque na bola foi de Velázquez, o que resultaria em um novo lance. Porém, como Rabello dividiu a bola fica configurada a interferência ilegal no lance.O gol impedido, no entanto, era apenas uma amostra do que estava fazendo o Botafogo. Com a bola nos pés, o time dominava o adversário e fazia valer a pressão dos quase 40 mil botafoguenses no Nilton Santos. Igor Rabelo quase abriu o placar em cabeçada. Moisés, por sua vez, arrancou suspiros da torcida com chute de longe.

    Aos 26min, um susto. Lindoso fez lançamento para Luiz Fernando, que tentou alcançar a bola, mas viu Rojas sair da área e afastar o perigo. Os dois se chocaram de cabeça e o goleiro paraguaio levou a pior. Ele caiu grogue e teve que ser atendido. Menos mal que ele voltou a jogar normalmente após alguns minutos.De tanto insistir, o Botafogo finalmente abriu o placar aos 37min do primeiro tempo. Leo Valencia cobrou falta com qualidade e viu Rodrigo Lindoso subir mais que os adversários e cabecear firme para o fundo das redes: 1 a 0. O resultado já era suficiente para classificar o Alvinegro para as oitavas de final.

    Logo na volta do intervalo, o Botafogo quase fez o segundo gol. Em mais um bom cruzamento de Leo Valencia, Carli apareceu livre no segundo pau para cabecear firme para o gol. O problema é que Rojas fez grande defesa e manteve o 1 a 0 no placar.

    A postura do Botafogo no segundo tempo era correta. Mesmo com a vitória parcial garantindo a classificação, o Alvinegro buscava o segundo gol. E por duas vezes o time chegou muito perto. Leo Valencia carimbou a trave aos 6min. Já aos 12min foi a vez de Aguirre acertar a outra trave em uma bomba de fora da área.

    O Nacional veio disposto a se defender, mas a derrota parcial fez o time se ver obrigado a atacar. E isso ocorreu pela primeira vez aos 25min do segundo tempo. O Nilton Santos chegou a ficar calado por um instante, quando Vieyra chutou fraco e viu a bola sair pela linha de fundo.

    Herói do título Carioca ao fazer o gol do título, Joel Carli teve oportunidade de repetir a dose nesta quinta-feira. O zagueiro, no entanto, não mostrou a mesma mira de meses atrás. Após desvio, a bola sobrou limpa para o argentino empurrar para as redes, mas ele pegou mal na bola e mandou alto demais.Um dos jogadores mais questionados e que estava no olho do furacão por reclamar nas redes sociais, Leo Valencia teve boa atuação. No fim do duelo, foi agraciado com um verdadeiro golaço em um chute de fora da área, garantindo o Botafogo nas oitavas de final.

    FOLHAPRESS