Página inicial

Notícia > Esportes

  • 24.04.2018 - 05:01

    Botafogo garante empate com o Sport nos acréscimos

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

     No fechamento da segunda rodada do Campeonato Brasileiro, Sport e Botafogo empataram por 1 a 1, nesta segunda-feira, na Ilha do Retiro. Com o resultado, aduas equipes seguem sem vencer na Série A. Os cariocas chegaram a dois pontos, já os pernambucanos anotaram seu primeiro tento.

     

    O jogo foi movimentado durante grande parte dos 90 minutos. O Sport foi dominante no confronto, mas sofreu com as defesas do goleiro Gatito Fernández. Somente aos 40 minutos do segundo tempo, Everton Felipe conseguiu passar pelo paraguaio em chute de fora da área. No entanto, o Botafogo empatou nos acréscimos, com Rodrigo Lindoso.

    Na próxima rodada, o Botafogo recebe o Grêmio no sábado, no Nilton Santos. No dia seguinte, o Sport vai até Curitiba para enfrentar o Paraná.

    O jogo – Mesmo com o gramado encharcado pela forte chuva que caiu antes do apito inicial, a partida começou movimentada, com o Sport pressionando o Botafogo. Só que a primeira boa chance foi dos alvinegros, aos quatro minutos. Ernando foi enganado por uma poça de água e viu Rodrigo Pimpão pegar a bola, entrar na área, mas se enrolar na hora da finalização. O atacante ainda tentou tocar para Brenner, mas o próprio zagueiro pernambucano salvou os donos da casa.

     

    O lance não assustou os donos da casa, que seguiram com mais posse de bola em busca do gol. O Sport arriscava bastante da entrada da área, mas sem muito perigo. Somente aos 22 minutos, os pernambucanos tiveram sua primeira chance de abrir o placar. Raul Prata cruzou pela direita, Gabriel furou, mas Marlone acertou chute forte. Só que Gatito Fernández se esticou para fazer um milagre na Ilha do Retiro.

    O lance animou o Sport, que voltou a assustar aos 24 minutos. Andrigo chutou pra o gol, a bola desviou em Brenner, mas Gatito Fernández estava atento para salvar mais uma vez o Botafogo.

    Depois disso, o Botafogo melhorou a marcação e conseguiu impedir as investidas do Sport. O duelo ficou concentrado entre as intermediárias até os minutos finais, quando os donos da casa voltaram a pressionar. Aos 40 minutos, Rogério aproveitou cruzamento para cabecear, mas viu Gatito Fernández fazer boa defesa. No minuto seguinte, foi a vez de Gabriel parar no goleiro alvinegro, que foi o principal responsável pelo placar inalterado no intervalo.

    Assim como na etapa inicial, o Sport começou melhor o segundo tempo e teve boa chance logo aos quatro minutos, em chute de Rogério. Os donos da casa seguiram pressionando e quase abriram o placar aos nove. Após boa troca de passes, Rogério recebeu passe na área e chutou para mais uma boa defesa de Gatito Fernández.

    O Botafogo só conseguiu avançar com qualidade aos 11 minutos. Leo Valencia arriscou de longe e assustou o goleiro Mailson. Só que, aos poucos, o rendimento das duas equipes caiu e o confronto diminuiu de ritmo.

    Somente aos 27 minutos, os visitantes assustaram em cabeceio de Rodrigo Lindoso na rede pelo lado de fora. O Sport só voltou a ter chance dois minutos depois. Fellipe Bastos cobrou falta de longe, mas Gatito Fernández não teve dificuldade para fazer a defesa.

    A torcida do Sport chegou a comemorar um gol aos 25 minutos. Ronaldo Alves aproveitou falta cobrada na área para cabecear para a rede. No entanto, o zagueiro estava adiantado e o lance foi invalidado pela arbitragem.

    No entanto, aos 40 minutos, o Sport conseguiu abrir o placar. O goleiro Mailson saiu rápido a bola para Everton Felipe. O meia percorreu grande espaço no campo, passou por um marcador e arriscou de fora da área. O goleiro Gatito Fernández se esticou, mas desta vez viu a bola ir para a rede.

    Nos minutos finais, os donos da casa passaram a segurar a posse de bola no setor ofensivo. Só que o Botafogo chegou ao empate aos 47 minutos. Matheus Fernandes foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Rodrigo Lindoso chutou colocado, no canto de Mailson para dar números finais na Ilha do Retiro.

    Gazeta Press