Página inicial

Notícia > Internacional

  • 11.07.2018 - 06:03

    Após sair da gruta, médico australiano descobre que o pai morreu

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Richard Harris foi uma das figuras mais importantes no salvamento das 12 crianças e de um treinador na gruta de Chiang Rai, na Tailândia. Fala-se do médico australiano que foi chamado a participar das operações de resgate devido à sua experiência médica e de mergulho.

    Ele que foi o último elemento a sair do local e teria sido um dos grandes heróis desta história, sofreu uma triste notícia assim que voltou à realidade.

    Após a alegria de ter conseguido salvar os 13 elementos da equipe de futebol Wild Boars (Javalis Selvagens, em português), Richard descobriu que o pai havia morrido.

    ‘É com grande tristeza que confirmo que o pai do Harris morreu na noite passada, momentos depois do fim do resgate", afirmou o chefe médico Andrew Pearce, afirmando que é um momento de "luto" para a família e que em breve o médico terá tempo para descansar e estar junto dos seus entes mais queridos.

    O Daily Mail recorda que o profissional foi considerado essencial para as operações de resgate pelos seus conhecimentos únicos e pela sua experiência de 30 anos de mergulho. É também conhecido pela sua habilidade para tirar pessoas de locais complicados.