Página inicial

Notícia > Policial

  • 21.08.2018 - 08:13

    A insegurança no Distrito Industrial de Cabedelo

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Um grupo de pequenos empresários, cujas empresas funcionam por trás da industria Café São Braz, estão pensando seriamente em encerrar as respectivas atividades, o que poderá gerar mais desemprego e diminuição de impostos, por não suportarem mais eles os  as constantes investidas dos ladrões, que moram ali naquela região, muitos até em casas e firmas que já foram abandonadas pelos seus proprietários, que não agüentaram a insegurança no abandonado Distrito Industrial, onde nunca passa uma viatura policial ou mesmo alguma viatura da ociosa guarda municipal daquela cidade de Cabedelo.

    Certo empresário que pediu para não ser identificado, disse que quase não dar expediente no escritório da sua empresa, temeroso de assaltos e até mesmo de ser morto, pois indivíduos armados que agem livremente ali na localidade e nem adianta perder tempo em registrar as ocorrências e entregar vídeos das ações criminosas, pois absolutamente nada acontece e os marginais continuam agindo como se nada tivesse acontecido e o denunciante ainda estará sujeito a vingança e morte.

    Já um outro denunciante, disse que todo dias firmas são alvos de ladrões que subtraem praticamente tudo, ate mesmo medidores de luz e água o que vem tornando insustentável tal situação, para aqueles que tentam ganhar a vida e gerar empregos e impostos. Informou tal pessoa que as viaturas policiais, no máximo que chegam e até estacionam é defronte ao Café São Braz, agindo os policiais como se nada mais existisse ali por trás, ou seja, ignorando eles, um grupo grande de pessoas, empresários, empregados e até moradores, literalmente nas mãos dos marginais.

    Foi denunciado ainda que um desses prejudicados, que um deles bastante desesperado com a situação, chegou a propor a Prefeitura de Cabedelo doar uma parte do seu galpão para que fosse instalada ali no Distrito Industrial uma base da Guarda Municipal, mas mesmo assim a nada foi feito e os mesmos, já não sabem mais a quem recorrer.

    Atenção Senhor Secretário de Segurança Pública, Senhor Comandante da Polícia Militar e Senhor Prefeito de Cabedelo, adotem urgentes medidas para preservar a vida, o patrimônio e principalmente o emprego de centenas de pessoas.

    Walla Santos