Página inicial

Notícia > Policial

  • 30.08.2017 - 09:59

    Morte de radialista Ivanildo Viana foi encomendada por R$ 75 mil

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

     A Polícia Civil da Paraíba divulgou, durante coletiva a imprensa, na tarde desta terça-feira (29), os nomes dos seis presos acusados de participar da execução do radialista Ivanildo Viana, a assassinado a tiros no dia 27 de fevereiro de 2015 no Km 80 da rodovia federal BR-101, em Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa.

    Foram presos: Eliomar de Brito Coutinho, Francisco das Chagas Araújo, Erivaldo Batista Dias, Erinaldo Vitorino Marquêss, Valmir Ferreira Costa e Arnóbio Gomes Fernandes, ex-PM e ex-vereador de Bayeux.

    Segundo a polícia, o crime foi encomendada pelo por R$ 75 mil. Segundo o delegado Carlos Othon, o crime foi articulado por Arnóbio, que teria entrado em contato com Erivaldo e Orinaldo, que estavam presos, e, de dentro da cadeia, contrataram Eliomar e Francisco para executar o radialista.

    No entanto, o superintendente da Polícia Civil, delegado Marcos Paulo, afirmou que mesmo com as prisões o nome do mandante do crime ainda não foi identificado.