Página inicial

Colunas de Eilzo Matos

Escritor



  • Piancó, Ianco, Chico, Jó, João Leite e a evolução cultural

    01/04/2019

    Ali estavam eles no salão repleto. O secretário de educação do Estado declarou a sua simpatia pelo lugar. Uma pós-verdade, de que se fala ultimamente? Identificou-se como filho do Rio Grande do Sul, talvez de Alegrete, de onde partira a Marcha dos Tenentes que passara em Piancó. Eu conhecia poucas pessoas na multidão. De família local, pelo casamento meu pai...


    Ler mais

  • Educação trágica

    27/04/2018

     Comento a difícil e aventurosa juventude do amigo Tavares, buscando a educação, difícil antes da Banca Financeira internacional criar o atual esquema de domínio e exploração de atividades públicas que servem a coletividade.


    Ler mais

  • Gregório de Matos e Augusto dos Anjos

    03/01/2018

     No “Boca do Inferno”, drama histórico da cearense Ana Miranda, colocado pelos teóricos e críticos da literatura entre os cem melhores romances de língua portuguesa no último século − descobri e vivenciei num processo diria catártico, o ambiente, o mundo barroco-colonial da Baía de Gregório de Matos e do Padre Vieira, de alcaides,...


    Ler mais

  • Dominação populacional

    26/11/2017

     Para muitos lhes basta nascer, viver e morrer no mesmo lugar. A felicidade aparentemente está ali. O vasto mundo é ignorado mercê de práticas avoengas, tribais, desusadas, mas vivas à roda da rede e da cama no quarto − repouso de canseiras, de frustrada esperança na busca de felicidade. Na vida não descubro novidades criativas, mas caprichos...


    Ler mais

  • A falsa ética petista

    30/10/2017

     São os arremedos da historia. Chegamos finalmente, à incorporação de estrangeirismos e controvérsias linguísticas no campo gramatical: Black-blocks, Presidenta. Vem de longe esta prática de ignorar os mestres, ou simplesmente tentar rein-ventá-los. Bertolt Brecht e Chico Buarque na Ópera dos três Vintens e na...


    Ler mais

  • Capão do mato - o mundo morto - o mundo vivo

    16/05/2017

     Temos duas vidas: a nossa e a dos outros, para sentir, para viver. Saramago o confirma no seu romance “O Homem Duplicado”. Vivência, experiência, ciência. Ali estava na frente da casa, a ilha vegetal, o capão de mato.


    Ler mais

  • Augusto dos Anjos, o estro

    29/03/2017

    Literariamente tornou-se difícil, e arrisco dizer, impossível mesmo, explicar e/ou formular conceitos definindo o modo de realização estética, o estro do poeta Augusto dos Anjos. Sustento o meu argumento, fundado nas leis do materialismo histórico na sua dialética esclarecedora, lidas em Georg Luckács e outros autores que passam de Aristóteles, Garaudy, aos ianques Edmund Wilson,...


    Ler mais

  • As letras e o absenteismo

    16/03/2017

     Os escritores. Melhor dizendo o roteirista no cinema, o artista, afinal, o que representa esse tipo na sociedade urbana de pessoas? O singular que se pretende plural? Assim atravesso em indagações curiosas, as vias febriculosas da militância literária, à revelia de preceitos conceituais, fruto do “enciclopedismo militante” que destruiu a URSS, do repetitivo na nova...


    Ler mais

  • Vida rural e urbana inominada 2017

    22/02/2017

     A rapidez no relacionamento entre pessoas e instituições, partindo de uma e de outra, na vida nacional, nordestina principalmente, atrasada e resistente a mudanças neste campo do comportamento, tem causado contrariedades e insegurança quanto a direitos e deveres. Saímos do regime de escravidão para o de “servos da gleba”. 


    Ler mais

  • Minha homenagem a Dona Marisa Letícia

    06/02/2017

     Sou matuto mais ou menos viajado pela “oropa, frança e baía”, mas como quem vai pra feira escolher e comprar o essencial, e também novidades, para consumo pessoal, familiar. Então a figura da dona de casa, entre ricos e pobres, que cuidam da sala e da cozinha, é insubstituível e perfeita para mim.


    Ler mais

  • Trump e Dória. Decadência ou progresso?

    13/01/2017

     Uma confusão dos diabos. Aconteceu, ou melhor, acontece comigo. Para falar em tempos recentes, depois dos hominídeos e do Paraiso bíblico. Falo de Proudhon, Marx, Fourrier, Gramci, Dhumenil. E agora chegam Trump e Doria, no primeiro e no segundo mundo. Tudo depois que a Europa – espelho da sabedoria e competência no mundo está em ruinas. Fundamentalistas explodem o...


    Ler mais

  • Praça Rural II

    24/11/2016

     Sinto nas cidades do Nordeste, onde moro, que ainda se respira o campo, perpassam eflúvios rurais em anúncios mercantis e também em teses acadêmicas – sobre os costumes, o ambiente doméstico e...


    Ler mais

  • Sementes de inclusão social

    22/11/2016

     Quero construir praças no campo. Uma idéia que não tiro da cabeça na solidão que vivo na fazenda, sem outra opção que a televisão, a internet, os livros. Outros também sentem essa falta. A exclusão social nos alcança. Necessitamos do contato humano, de conversas de negócios de festas nossas, não de sua...


    Ler mais

  • Malha Ferroviária

    09/09/2016

    Considero urgente e de interesse público, o restabelecimento da malha ferroviária que ligava Sousa e a Paraíba ao resto do país. Falo como sousense, que durante muitos anos utilizou os trens de passageiros e também os trens de carga, que transportavam mercadorias integrando os produtores, industriais, comerciantes e consumidores locais, regionais. Marcava o nosso...


    Ler mais

  • Intelectual consagrado, Chico Pereira chega a APL

    12/07/2016

    Meus cumprimentos ao homem de letras Chico Pereira, recem-eleito como candidato único − ressalto esta circunstância consagradora −, para a Academia Paraibana de Letras.Todos aplaudiram. Em conversa pelo telefone lhe reafirmei a minha admiração pelo seu trabalho intelectual, que vem de muito tempo, de uma convivência amistosa e registrada muitas vezes neste...


    Ler mais

  • Lira, o melhor para governador

    07/07/2016

    Surgiu como um meteoro na política paraibana o sertanejo Raimundo Lira. Com o efeito do um relâmpago dentro de um cumulo-nimbo (torreão) no céu da seca. Brilhou, estrondeou um trovão e desapareceu sem deixar marca duradoura. Falo no uso e no gosto da linguagem sertaneja. Votei nele, e amarguei a decepção da expectativa do seu licenciamento para assumir um dos seus...


    Ler mais

  • Temer, o novo governo

    23/05/2016

    As mulheres cultivam o muxoxo e os rancores. São detentoras, todavia, no mais alto grau, instintivo, do sentimento do amor: o maternal. Inteligentes, souberam expandir o raio de sua influência. Daí serem apelidadas de guerreiras. Mas só neste caso. E se insinuam e dominam alguns homens condescendentes, apaixonados amorosamente, assumem tarefas de chefia e execução, de...


    Ler mais

  • Oligarquia e poder

    20/05/2016

     Escutei na TV SENADO a bela e palavrosa senadora Gleisi Hoffmann, arrogante e truanesca com o narizinho arrebitado, que não esconde a nostalgia do poder. Os crimes contra a administração pública, cometidos por ela e seus “companheiros” lulistas, jogaram na lama a honra nacional. Alguns deles estão na cadeia, processados legalmente com direito a ampla defesa. Outros...


    Ler mais

  • Varsóvia revisitada e outros ensaios

    14/04/2016

    Manhã de domingo, dia do Plebiscito que tratava da tentativa de desarmamento da população. Cheguei da fazenda, onde vivo intranquilo, sem o encosto necessário de uma arma de fogo, nestes tempos de insegurança e de violência comprovadas.


    Ler mais

  • Cajazeiras X São Paulo: Sousa se volta para o futuro

    28/03/2016

     Eles são assim: voam alto. Falo de cajazeirenses e cajazeirados. Acomodados e displicentes, os sousenses andavam esquecidos¬¬¬ do tempo, e a cidade amargou fracassos, a orfandade política. E os nossos líderes? Estes parecem despercebidos. Enfrentar a situação típica, o novo momento social, exige estratégia para sustentar e vencer o combate, alcançar...


    Ler mais

  • O PT e o exército de bancaleone

    16/02/2016

    Escusam-se, mas o PT de Lula e Marta, Dirceu, Dilma e Suplicy, entre os maiores, remonta sua origem ideológica a Roma e Meca, à submissão partícipe, ao suborno e fuxico sacerdotal e palaciano das cortes imperiais. Atualmente agem como covardes agentes da mercancia, em detrimento do Estado Nacional. Um perigoso e ridículo exército de mercenários,...


    Ler mais

  • Exílio nunca mais

    15/02/2016

    Vi e constatei na Europa, na Anatólia (gostaram?), no Oriente Próximo, nas Américas, em grandes e pequenas cidades, expressões e relicários culturais consagrados universalmente, preservados, utilizados pelo povo. Por esta razão elogio Luciano Cartaxo, em boa hora eleito prefeito da nossa capital, deixando de lado o individualismo meritocrático e fingido de alguns...


    Ler mais

  • Explicação matuta e neoliberal o Brasil

    25/01/2016

     Aqui onde moro, os fatos da sociedade e o seu desenvolvimento, a sua história principalmente, têm origem nas lendas e se inscrevem nas regras da conveniência pessoal. Em casa, na feira e na igreja, todos cumprem ou contrariam deveres reconhecidos. Alguns leram autores populares ou eruditos, outros conhecem divindades do candomblé, tribais, apocalípticas. A mente povoada de narrativas estranhas que...


    Ler mais

  • Os intelectuais e a sociedade

    12/01/2016

    Confesso que me preocupa bastante, o sentido que algumas pessoas ou a sociedade, enfim, criam ou atribuem a determinadas palavras, que se transformam em valores conceituais, de reconhecimento e respeito obrigatórios pelo Estado, pelo cidadão. Chamo a atenção para o tema da menoridade do indivíduo no nosso sistema penal. De leve, como se diz modernamente.


    Ler mais

  • Os rumos da minha vida

    26/12/2015

    Os rumos de minha vida, a minha determinação, em nada imitam a do Jacinto, de Eça, mas, um pouco se assemelha, nas suas constatações e resultado. Do Príncipe da Grã Ventura personagem de "A Cidade e as Serras", herdeiro da quinta e casa senhorial de Tormes, no Baixo Douro, de um apartamento no 202 dos Campos Elísios, cultivei, em princípio, a sua equação metafísica “suma ciência x suma potência = suma...


    Ler mais

  • O governo corrupto do PT

    09/12/2015

    Ressalto a expansão e modernização das universidades no período do governo militar. Quer nas áreas chamadas "humanas" ou "exatas", grandes profissionais e cientistas ali formados, eram convocados por outros países (EUA, Japão, França, Inglaterra e outros das Américas, Europa e Asia) para o trabalho nos centros universitários e...


    Ler mais

  • Virginius da Gama e Melo – notícias bio-bibliografica

    29/11/2015

     Descendendo pelos lados paterno e materno de ilustres famílias paraibanas, destacadas pela militância política, tendo em ambos os ramos familiares representantes na Câmara dos Deputados e no Senado, e governado o Estado com Gama e Melo e Argemiro Figueiredo, nasceu Virgínius Figueiredo da Gama e Melo da Gama e Melo no dia 19 de outubro de 1922, na rua General Osório,...


    Ler mais

  • Mar de histórias, rosários de crenças

    23/11/2015

    O que reanima o meu espírito, neste fim de vida − sentado numa cadeira vendo filmes históricos, “clássicos” dramas e comédias, documentários de bom nível cultural, noticiário pela televisão, folheando livros novos e alguns já lidos −, está na alegria de reencontrar o passado vivido. Desfruto, na verdade, aposentadoria e...


    Ler mais

  • Viagem, Academia, leituras, Dante

    17/11/2015

    Regressei da capital há oito dias, viagem de compromisso na Academia Paraibana de Letras − comparecimento à eleição para uma cadeira disputada por Evandro Nóbrega e Abelardinho Jurema. Faço por mera disponibilidade, este resumo dos acontecidos durante a minha permanência na capital: presença na APL, no MAG SHOPPING, no MANAIRA confraternizando com os...


    Ler mais

  • Spengler Marx e o meu compadre Ciço Fulô

    11/11/2015

    Sem rádio, televisão, sem boas estradas, as notícias dos acontecimentos do mundo levavam dias, semanas, meses para chegar aqui no semiárido do Nordeste, onde moro. Pouco importava, todavia, porque o interesse imediato da coletividade estava voltado para o consumo dos bens essenciais para suprir a existência de cada um, aqui produzidos. Pesava a superestrutura jurídica e ideológica de que fala Marx, que se insinuava, acontecia como...


    Ler mais

  • Forró de Plástico

    02/11/2015

     A gigantesca China de hoje, com raízes numa civilização de mais de 2500 anos, fundou o seu modelo no socialismo-marxista que chegou ao poder em 1949, sob a liderança de Mao Tse Tung à frente dos operários e camponeses na Grande Marcha, derrotando as conservadoras dinastias; e vivenciou, historicamente, momentos de convivência com todas as tendências...


    Ler mais

  • Ramalho e Bananeiras; eu e Sousa

    26/10/2015

     Tinha uma família em Sousa, que atraía e afastava interlocutores: aqueles que gastam horas “jogando conversa fora”. Exageravam nos detalhes e na imbricação, quando falavam nos relatos da vida. Uns adoravam, outros arreliavam. Assim uma chegada, uma partida; um aniversário, um enterro; compra e...


    Ler mais

  • O pouco e o muito. A mulher é bicho fraco

    25/10/2015

     Afinal, quanto a obrigações, ao cumprimento de deveres e realização de objetivos, e de saber em que mundo vivemos, que vida desfrutamos, qual a certeza do que sentimos e sabemos, esta é a questão que define a conduta das pessoas – a ética e pouco a ciência. As regras estão acima da minha compreensão. Sou sertanejo e bastam-me sinais...


    Ler mais

  • Código da Vida

    23/10/2015

    Somos levados, no período do aprendizado escolar – eu, pelo menos, posso dizer que tal aconteceu comigo –, a entender como literatura aquele texto ou livro, principalmente de natureza ficcional, em prosa e verso, escrito em linguagem rebuscada, criando tipos e conceitos sobre fatos da vida. Literatura seria a arte de escrever, as belas letras, algo diferenciado do arranjo...


    Ler mais

  • 12 de Outubro: o que comemorar?

    13/10/2015

     Gasto a maior parte do meu tempo vendo a programação dos canais de televisão que me sintonizam com o mundo. Um hábito moderno. Por um motivo qualquer pervago o passado e me acode o meu tempo de menino de escola, onde e quando eu descobria o encantamento de conhecer os grandes fatos da humanidade no seu trajeto histórico civilizatório. 


    Ler mais

  • Em Sousa, novos dados de uma antropologia

    10/10/2015

     No meu tempo de Sousa, há sessenta anos atrás, mandavam na Paraiba Rui Carneiro e Argemiro Figueiredo com os seus representantes. João Agripino estava começando e Pedro Gondim, também. Os funcionários públicos eram daqui mesmo, ou de outras cidades, porém carimbados com o Partido que estava de cima. Juízes e Promotores principalmente, porque de...


    Ler mais

  • Advogados em festa - eleição na OAB-PB

    02/10/2015

    Começo com a minha surpresa pelo sumiço do superintendente do Banco do Brasil. Mais uma de Ricardo ou estou enganado? Acredito que o dente dele está nesta. Cuidado! Temos agora um “Sérgio Moro” na Paraíba. 


    Ler mais

  • Os vivos e o morto

    21/09/2015

     Terminada a semana de homenagens e recepções, realizadas pelos familiares e amigos de Antonio Mariz, em João Pessoa e Brasília, alusivas aos vinte anos do seu falecimento, o meu comentário final. 


    Ler mais

  • Antônio Mariz, sua vida, nossa cidade, a Paraíba

    18/09/2015

     Transcorreu com homenagens solenes, a data alusiva aos vinte anos do falecimento de Antonio Mariz. O mérito do seu caráter e a lisura de sua conduta de cidadão conquistaram o reconhecimento público, o espaço na memória da cidade e do Estado. O Ministério Público estadual e o Senado da República o homenagearam com sessões especiais.


    Ler mais

  • Antônio Mariz, Sousa e Princesa

    08/09/2015

     Na nossa cidade de Sousa, escolhida por Antonio Mariz para iniciar a sua carreira política, com um programa de governo impresso e distribuido pela primeira vez em campanha eleitoral, ele cumpriu as metas anunciadas. A ética e a solidariedade marcaram a sua passagem na prefeitura. Hoje os que se dizem marizistas, se ajoelham aos pés do seu maior adversário e algoz o risonho advogado...


    Ler mais

  • Deusdete Queiroga – Comprade Dezinho

    26/08/2015

     A vida nos mostra caminhos e escolhas. A sorte ou a boa fé explicam e justificam equívocos e acertos. A memória guarda o melhor e o pior também. Assim acontece.


    Ler mais

  • Ano zero, vida nova

    19/08/2015

     As minhas viagens são curtas, a despesa é pequena, o cansaço menor, e como me alegram! A minha mulher pessoa daqui, exclama, sopra baixinho também surpresas e alegrias. Às vezes toca no meu ombro e aponta numa direção. Nos sentimos bem, no conforto da camionete e quando nos sentamos para conversar, matar a sede com uma mineral gelada, numa breve...


    Ler mais

  • Dia do Advogado

    12/08/2015

     Na tarde animada com o chilreado dos galos de campina e rolinhas catando grãos no terreiro, o desafio belicoso das casacas de couro nas aroeiras e nos pereiros do pátio, poucas lembranças da minha vida de advogado, na comemoração do seu dia. Apenas, a assunção de defesas no tribunal do júri, algumas petições iniciais e...


    Ler mais

  • Ferrovias, espionagem, o xote ecológico e FHC

    09/08/2015

     Deliciei-me com a leitura dos recentes comentários de Ramalho Leite tratando de trens de ferro que circulavam entre cidades do Brejo, e de um alemão de pose germânica algo irritante, vestindo paletó, andando por lá. Era o período da Segunda Guerra Mundial, e despertava suspeição tal procedimento, que poderia esconder uma ação para...


    Ler mais

  • Machado, Xavier de Maistre, Druzz e Solha

    28/07/2015

     A literatura de viagem − no sentido da descoberta e intercambio de regiões, civilizações, quanto ao comercio, a ciência, as artes, os castelos, abadias e instalações públicas, nas nuances do traçado de suas linhas arquitetônicas, nos conduzem através de tempos pretéritos. 


    Ler mais

  • Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba

    21/07/2015

    Uma circunstância, antes ignorada e indiferente na minha crônica pessoal, hoje, me envaidece − a minha origem familiar cearense, pelos lados paterno e materno. Quanto à natividade, era eminentemente votiva à minha pequenina e heroica Paraíba, onde nasci, estendida a sua ramificação do vizinho Rio Grande do Norte.


    Ler mais

  • Ivan Rosendo e o LGBT

    13/07/2015

     Com a mente cansada aos 81 anos, insisto, talvez por comodidade, em comentar determinados assuntos, objeto de críticas que faço e me comprazem em longos debates. É da minha natureza. Sou o que sou onde nasci. Tapado, dizem. 


    Ler mais

  • Cemitério das almas

    02/07/2015

     Sitonio Pinto, para mim, pelo que tenho lido dele, e no noticiário, é o retratista do dia, da moda literária, criativa na Paraíba. Não direi up-to-date, por não ter clareza sobre o significado preciso e uso da expressão estrangeira. Melhor seria Dior ou Prada que parecem mais nossas, porque francesas e italianas, chegadas a nós, para quem...


    Ler mais

  • Em defesa da democracia

    29/06/2015

    Sobre as marteladas na Constituição e a censura prévia descabida de um magistrado Sobre as marteladas na Constituição e a censura prévia descabida de um magistrado


    Ler mais

  • A sanha capitalista pelo lucro

    24/06/2015

     Expulsos da terra onde construíam suas vidas, submetidos à violência e brutalidade do modo capitalista de exploração da força do trabalhador - desprezadas até habilidades especiais de alguns -, jogados todos na vala comum do subemprego, uma família inteira de três gerações reunidas, migra em busca de um serviço qualquer remunerado, para...


    Ler mais

  • Tradição ética e trabalho em Piancó - Humberto Cavalcanti da APL, do IHGP

    21/06/2015

     O nome não o indicava, mas Elzir Nogueira Matos pertencia a duas das famílias mais destacadas do sertão paraibano: os Leite Ferreira, de Piancó e os Matos Rolim, de Cajazeiras. Sua avó paterna, Francisca Leite Ferreira – dona Chiquinha – fugindo aos matrimônios endogâmicos, comuns nas famílias tradicionais, casara-se com o Juiz da...


    Ler mais

  • Freud é uma fraude

    14/06/2015

     Solha é um polígrafo, consagrado pela sua multifacetada obra e atividades intelectuais. Admiro-o no romantismo de sua aventura do espírito iluminado.


    Ler mais

  • Excessos e incongruências. Zombaria do PT

    11/06/2015

      Agora passou da medida mesmo! Vem de longe esta safadeza petista, desde as “cotas” as “bolsas”, “inclusão social”, entraram na compra de votos via “Mensalão”, “Lava Jato”, etc. Todos sabem. Mas esta...


    Ler mais

  • Mudanças - o tempo

    06/06/2015

     Tempos difíceis, o mundo já não é o mesmo. Falam aleatoriamente, sintetizando as crises que acompanham o desenvolvimento − na verdade os momentos críticos de transformação da superestrutura jurídica, que governa as relações sociais. E nós dentro delas. Fazer o quê?


    Ler mais

  • Marx, Lênin e o PT

    26/05/2015

     Não custa nada, nem é sectarismo repetir com Marx, quando dizia: "Um espectro ronda a Europa. O espectro do comunismo", e Lenin sublinhava num rompante e visão soviete do problema, quando e o capital no seu desenvolvimento assume uma condição imperialista. A Europa sucumbiu, o seu mapa político está fragmentado,...


    Ler mais

  • A verdade sem absolver o PT

    19/05/2015

     “FHC - Itinerário de um desastre. A obra de destruição realizada por FHC não pode ser fruto do acaso. Ela só pode ser fruto de um planejamento meticuloso. Nenhum governo teve mídia tão favorável quanto o de FHC, o que não deixa de ser surpreendente,...


    Ler mais

  • Reflexões impertinentes

    15/05/2015

     A poesia é expressão-manifestação psicossomática do ser vivo. Todos, todos a produzem. Não escutei ainda o canto das estrelas, não li os textos dos cometas, não que estejam mortos. Mas a nossa galáxia e o universo se expandem, movidos por uma força cósmica, produzindo e criando fenômenos. Arrisco esta opinião pessoal à margem da ciência conhecida. E me dou por satisfeito. Se...


    Ler mais

  • João Bernardo de Albuquerque e o brilho das letras

    13/05/2015

     Morou em Sousa e agitou o ambiente social - como o fez em todos lugares por onde passou e viveu -, o bacharel e poeta João Bernardo de Albuquerque, um nosso conterrâneo das barreiras do Rio do Peixe, nascido ali na cidade irmã São João, nomeada depois Antenor Navarro, voltando atualmente ao topônimo do passado, da sua...


    Ler mais

  • A literatura e a visão do mundo

    11/05/2015

    Prezado Hilderbeto Depois de ler a sua poesia, análises de sua critica literária, e de percorrer as veredas de suas crônicas na midia eletrônica, favorece-me o marxismo, fundamentando no método do materialismo histórico, inapelavelmente, a explicação do comportamento, diria, da vida do homem na sociedade. Estranho? Não me parece.


    Ler mais

  • O poeta Firmino Leite

    08/05/2015

     Firmino Leite, filho de família rica se formara doutor em medicina. No estudo aprendera muitas palavras novas, desconhecidas em casa e no lugar. E tomara gosto em saber das coisas nos seus detalhes e ligações pertinentes, ou que surgiam, aconteciam a-leatórias ou necessariamente: assim como a juven-tude acontece na primavera da vida, e o cidadão esperto é chamado raposa – para falar como ele gostava e fazia.


    Ler mais

  • Sousa e Areia - Uma Viagem no Tempo

    04/05/2015

     Pedro Américo – todos os que frequentaram escola, entre nós, certamente o conhecem, destacado que é entre os brasileiros mais notáveis. A magnífica tela retratando o “Grito do Ipiranga”, que ilustra textos e documentos sobre os pintores brasileiros e a história do Brasil, nasceu do seu pincel, no civismo da...


    Ler mais

  • Liberalismo e Socialismo

    23/04/2015

      "LIBERALISMO/SOCIALISMO ANOTAÇÕES SOBRE O PENSAMENTO POLÍTICO DE NORBERTO BOBBIO et alii Começo com estas anotações, fruto de breves leituras sobre liberalismo e socia-lismo, e do pensamento político de Bobbio, Norberto et alii, citando a advertência de Spinosa aos otimistas, lembrando que devemos...


    Ler mais

  • Princesa nas armas e nas letras

    16/04/2015

     Está aí na mídia Sitonio Pinto, um escritor de verdade. De mão cheia! Já consagrado. Tem outro, Tião Lucena.


    Ler mais

  • O duro recomeço

    11/04/2015

     A poesia é expressão-manifestação psicossomática do ser vivo. Todos, todos a produzem. Não escutei ainda o canto das estrelas, não li os textos dos cometas, não que estejam mortos. Mas a nossa galáxia e o universo se expandem, movidos por uma força cósmica, produzindo e criando fenômenos. Arrisco esta opinião pessoal...


    Ler mais

  • Seca braba

    30/03/2015

     Escrevi em nota divulgada neste blog: sobre a grande a seca de 2012, que se estendeu, e a enfrentamos ainda em 2013. E perigosa, como dizemos por aqui para realçar os riscos. Mas não me “retirei”, não migrei como na literatura fizeram os sertanejos: Valentin e Fabiano ; dividi tarefas. Novos tempos, surpreendendo todos com novas dificuldades. Deixei o vaqueiro Neguinho, homem de confiança, na fazenda velha onde concentrava a totalidade de...


    Ler mais

  • Tradição, ética e trabalho em Piancó

    21/03/2015

     Descendia o dr. Elzir Matos em linha reta do casal PEDRO LEITE FERREIRA E ISABEL GOMES DE ALMEIDA, mandados pela Casa da Torre, da Baía, para ocupar terras e fundar fazenda de gado na ribeira de Piancó, em 1755. A linhagem estendeu-se com o primeiro João Leite Ferreira,...


    Ler mais

  • Ronaldo Cunha Lima, poeta de sala e quarto

    13/03/2015

     Afastado da leitura, morando no mato, eu não acreditava nos seus livros de que ouvia falar. Para mim, ao escutar os ecos e vozes dos seus versos, ele era um poeta de gênio, mas eminentemente verbal, açodado, que improvisava, porém não escrevia poesia. Não lhe so- brava tempo. Seria como os nossos irmãos violeiros e repentistas, um Inácio da Catingueira, um Pinto do Monteiro ─ e no contexto e textos que demandam a...


    Ler mais

  • O sousense Paulo Gadelha

    11/03/2015

     A convivência aproximada, firmada numa amizade que perdurou até o presente, num relacionamento de conterrâneos da mesma geração, registram a minha presença e a de Paulo Gadelha na vida sousense: ainda crianças com pequena diferença de idade, correndo as mesmas praças e ruas, na adolescência frequentado...


    Ler mais

  • Evilásio Marques Pinto, a crônica que não foi lida

    10/03/2015

    Tenho em mãos os originais em dois volumes de um trabalho elaborado por Evilásio Marques Pinto, que trata do resgate literário de aspecto interessante da memória sócio-cultural da nossa cidade de Sousa: o jornalismo de uma época. 


    Ler mais

  • Hosanas ao Amigo Velho Ernani Sátiro

    04/03/2015

     Leitura atrasada de "O Canto do Retardatário" do contra-parente (explicarei a seguir) escritor e político Ernani Satyro. Eis uma pessoa genuína, vencedora. De sólida formação intelectual, corajoso na defesa de suas ideias e convicções. Legendário inegavelmente, na mais ampla...


    Ler mais

  • O jogador apoucado

    19/02/2015

     VÁ DENTRO ! − comandou a voz do parceiro. A irritação de Raimundo aumentava. Estava perdendo. Desgostava-o aquela aparência de superioridade do outro. Atrapalhava-se algumas vezes com o jogo cheio de alternativas. Agora estava armado, com um par de noves e um dez encostado. Bateria por várias cartas: oito, nove, valete....


    Ler mais

  • Amor e morte

    11/02/2015

     A CASA enchera-se de gente. A presença de estranhos, o ar de curiosidade estampada nos rostos que o observavam, irritavam-no. Solicitado insistentemente pelo advogado, decidiu falar. “ — A noite estava muito escura. Não havia nuvens e des-tacavam-se no fundo negro do céu os milhões de estrelas visíveis a olho nu, a...


    Ler mais

  • As horas trágicas

    01/02/2015

     "OS CÚMPLICES AS CORTINAS pesadas desciam ao longo da parede, escondendo a janela que dava para a rua, obstruindo a entrada de luz, de ar, de ruído. Sim, o barulho que vinha de fora: a explosão dos motores dos veículos, todos os sons misturados sem harmonia. Gritos, vozes, choques. Havia árvores velhas na calçada,...


    Ler mais

  • O duro recomeço

    27/01/2015

     Ao nascer do sol, já estou de pé. Deito-me cedo e entrego-me aos pensamentos, sozinho no alpendre. Ventos fortes, pingos de chuva ou o avançado da hora empurram-me para dentro de casa. Gosto de ficar em silêncio, espreitando o espetáculo da natureza, como se receasse interromper o desenrolar das cenas noturnas. Gira o universo....


    Ler mais

  • Prosa Caótica II

    22/01/2015

     Dada dificuldade de contratar a editoração e publicação do livro a seguir nomeado, intercalo a partir de hoje, às notas diárias na minha página do Facebook, trechos da referida obra. O DURO RECOMEÇO - PROSA CAÓTICA I I (TEXTOS POLÍTICOS E LITERÁRIOS 1980-2014) -...


    Ler mais

  • Carta a Lena Guimarães

    19/01/2015

    Querida amiga Lena. Permita-me tratá-la assim, em razão da antiga, duradoura e fraterna amizade que nos aproximou durante muitos anos, interrompida quando abandonando a militância política e partidária, demandei a catinga sertaneja para viver uma nova vida num exílio espontâneo e feliz numa fazenda velha, que ainda perdura. Mas a...


    Ler mais

  • A história e o mito

    19/01/2015

     Escusam-se, mas o PT, Lula e Marta, Dirceu, Dilma e Suplicy, entre os maiores, remontam sua origem ideológica a Roma e Meca, à submissão partícipe, ao suborno e fuxico sacerdotal e palaciano das cortes imperiais. Atualmente agem como covardes agentes da mercancia, em detrimento do Estado Nacional. Um perigoso e ridículo exército de mercenários, de Bancaleone, ou de Templários.


    Ler mais

  • Para Inaldo Leitão

    11/01/2015

     "INALDO LEITÃO A famosa “Rede Social” que asseguram, elegeu um negro presidente do racista EUA, permitiu o meu reencontro com o pensamento político do conterrâneo Inaldo Leitão. Ele com as suas e eu com a minhas ideias. Ele firme no seu “cada qual” e eu enveredando por outros caminhos do meu pensa-mento...


    Ler mais

  • Prosa Caótica II

    04/01/2015

     "ATENÇAO. Importante ler. Dada a dificuldade de contratar a editoração e publicação do livro abaixo nomeado, intercalo às notas diárias, a partir de hoje, trechos da referida obra. DURO RECOMEÇO - PROSA CAÓTICA II (TEXTOS POLÍTICOS E LITERÁRIOS 1980-2014) Prefácio Os textos a...


    Ler mais

  • Antônio Vital do Rego - in memoriam

    02/01/2015

      (“Aonde foi, ocupou todos os espaços. E aonde não pôde ir, sua imagem humana se projetou; sua voz vigorosa se fez ouvir; sua ação benfazeja promoveu o bem-estar de muitos. Cumpriu bem a sua missão superior, quer onde esteve, quer aonde chegou com sua mensagem de tranqüilidade e do bem-fazer”.Evaldo...


    Ler mais

  • A emboscade de Evanro Nóbrega

    28/12/2014

      I Escondido detrás do pau ou da pedra, me esperando, invisível a figura, mas guardando a intenção preclusiva ele deu o bote fatal, no estilo patins do majó migué. “PREZZADO ammiggo Eilzo Nogueira Matos: Acabo de lhe enviar um e-mail para sua conta do Yahoo...” Tinha de ser assim, parafusado, helicoidal....


    Ler mais

  • Dilma, Lula, o Mensalão do PT e a Petrobrás

    24/12/2014

     Em razão do desespero provocado pela corrupção que domina o governo do país, o povão criou uma frase: “se roubarem um pão ou um avião o PT está no meio.” Por sua vez, um eminente causídico num papo entre juristas soltou esta: “no Brasil não se coloca um paralelepípedo...


    Ler mais

  • Lira senador

    20/12/2014

     O SENADOR RAIMUNDO LIRA FOI ELEITO NA DÉCADA DE 90 APOIADO PELO GRUPO MARIZ, NA ÉPOCA INFLUENTE, QUE INDICOU O CONTERRANEO SINVAL GONÇALVES RIBEIRO COMO SEU SUPLENTE. ESPERÁVAMOS A SUA CONVOCAÇÃO PARA ASSUMIR O MANDATO, COMO ACONTECEU COM AUGUSTO GONÇALVES, SUPLENTE DE ARGEMIRO FIGUEIREDO, E OUTROS NA PARAIBA. LIRA NOS DEU AS...


    Ler mais

  • PT e o crime lesapátria

    16/12/2014

     O ócio imerecido na terceira idade (melhor teria sido na mocidade), no fim da vida, tem-me custado dores e tristes momentos perdidos em buscas inalcançáveis. O que passou, passou. Tenho sofrido dores e penas na leitura de livros velhos que guardo na estante. Livros velhos que adquiri na juventude vivida em Campina Grande e no Recife, para cumprir os graus do ensino que não existiam na minha cidade, e onde despertei para verdades da vida.


    Ler mais

  • Avacalhou geral

    06/12/2014

     


    Ler mais

  • Lula, Dilma e Ricardo

    20/11/2014

     Tião Lucena comentou no seu blog a parola da “Casa sem Dono.” É aquela história que ele conhece desde os seus velhos tempos de Princesa: do pobre em moagem de rapadura, que se intromete e se lambuza na rapa da caixa e do taxo.


    Ler mais

  • A questão sulistas / nordestinos

    13/11/2014

     Aqui nasci, aqui moro no meu esbraseado, fértil, rico e amado sertão nordestino. Aposentado do serviço público, recolhi-me a uma morada no mato, numa pequena e primitiva fazenda. Sinto-me bem até demais. Impossível negar a importância deste território com uma população que sustentou em apelos e...


    Ler mais

  • Novos sujeitos sociais

    08/11/2014

     O protesto generalizado varreu as ruas, chegou à depredação de bens públicos e privados, alcançou o clima temido da guerra civil. O sacrifício geral levava à constatação da inviabilidade do modelo vigente de governo, que, espetacularmente ganhou a parada nas eleições. Com efeito, sobram...


    Ler mais

  • O País de São Saruê

    28/10/2014

    As serras azuis, paralelas, “nascem com o sol e se põem com ele” – formam cadeias –, costumam dizer orgulhosos os caçadores, os homens que andam a pé ou a cavalo, e ainda não usaram o automóvel para vencer grandes distâncias. De uma para outra distam mais de dez léguas. A que corre pelo sul,...


    Ler mais

  • Governo da corrupção

    25/10/2014

     “Ricardo Coutinho tem se notabilizado pelas compras superfaturadas que faz no Governo. O gestor que aumenta o valor na compra até de papel higiênico é capaz de tudo”. A declaração foi dada pelo deputado Manuel Júnior, referindo-se a recente compra de material didático no valor de R$ 10.588.92,...


    Ler mais

  • Compra de votos de RC

    20/10/2014

     Socorre-me a desconfiança brejeira, assimilada na convivência de mais de dez anos na política paraibana com o preclaro senhor de engenho Waldir dos Santos Lima, destacado e temido prócer que vem do confronto violento entre liberais e perrepistas do princípio do século passado. Ele conhecia, e denunciava as falcatruas eleitorais. Com ele...


    Ler mais

  • RC Maria da Penha

    18/10/2014

     Noticia o indefectível blog do amigo Tião Lucena, o propósito do governador Ricardo Coutinho, em declaração prestada no TV Master, ao suave evangélico Alex Filho, de processar os “iconoclastas” - os que denigrem e desfiguram a sua imagem pessoal. Ignoro se de simples cidadão ou...


    Ler mais

  • Dia da Consciência Negra

    13/10/2014

     Essa data serve como um momento de conscientização e reflexão, sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura brasileira. Os negros africanos colaboraram durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gas-tronômicos e religiosos de nosso país. Falam em...


    Ler mais

  • O golpe da intendência

    02/10/2014

     (Fatos da história de Sousa). Na agitação do período eleitoral, quando muito se discute a política local, entro também no assunto, para falar da velha política de Sousa, de fatos quase perdidos na lembrança ou esquecidos pelo dilatado passar dos anos. A exaltação marca para a história, o...


    Ler mais

  • Casa-Grande & Senzala

    28/09/2014

     (Monteiro Lobato: “... O Brasil... vai ser o que Gilberto Freyre disser...” (1944); Darcy Ribeiro: “Casa-Grande & Senzala é o maior dos livros brasileiros e o mais brasileiro dos ensaios que escrevemos...” (1977); Fernando Henrique Cardoso: “De alguma forma Gilberto Freyre nos faz fazer as pazes com o que somos (2003) 


    Ler mais

  • Sangue, suor e lágrimas

    15/09/2014

     Para evitar vaias, Lula e Ricardo usam discrição. Ele não foi anunciado no Sambódromo. Ricardo escondeu-se, fugiu na campanha de sua candidata Estleisabel. O presidente Lula e a primeira-dama, Marisa Letícia, assistiram na noite de ontem ao primeiro dia de desfiles das escolas de samba do Rio. Para evitar as vaias, como ocorreu...


    Ler mais

  • A pobreza e a riqueza das Nações

    01/09/2014

     “ As armas e os Barões assinalados / Que da ocidental praia lusitana [...] Entre gente remota edificaram [...] Novo reino que tanto sublimaram. [...] Cantando espalharei por toda parte/ Se a tanto me ajudar o engenho e arte”.


    Ler mais

  • Marina Silva - vida e liberdade

    28/08/2014

     Na ocupação diária de releitura (vista d´olhos) dos mestres, de quem herdamos dúvidas e certezas, eu, um ocidental, visito textos que trazem as perspectivas de pensadores eruditos sobre o tema que atrai a minha atenção: vida e liberdade, deixando de lado o mundo oriental, tendo em vista que “os dois mundos se desenvolveram isolados um do outro, de modo que é admissível fazer um estudo independente...”...


    Ler mais

  • Eduardo Campos

    16/08/2014

     Na minha passagem em Pernambuco (que durou 12 anos) acompanhei alguns passos dessa família nascida em Sanharó, com barão, capitão de indústria, governador e tudo mais nos ramos de sua crônica genealógica. Foi no tempo dos coronéis famosos pelo seu prestigio e reverência que desfrutavam na sua cidade natal,...


    Ler mais

  • Um dia triste

    02/08/2014

     Faleceu, inesperadamente para mim, o advogado sousense Assis Tomé que morava na capital.Um dia triste. Velho e bom amigo que frequentava a alta roda em que qualquer sociedade. Usava roupas de grife. Tenho sempre à mão para caminhadas e entr


    Ler mais

  • Ariano Suassuna

    27/07/2014

      Sou como Ariano Suassuna paraibano de nascimento, com as almas presas, entretanto, ao nativismo e patriotismo pernambucano, que vem desde a expulsão de colonizadores batavos, do fuzilamento de Frei Caneca (que dormiu aqui nesta fazenda), da eleição de Pelópidas Silveira e Miguel Arraes. Bebemos o mesmo elixir, do orgulho e do...


    Ler mais

  • Sousa, o CCBN, Collor, Ariano...

    20/07/2014

     Afora aulas do ensino de primeiro e segundo graus, os frequentadores do Centro Cultural do Banco do Nordeste, em Sousa, tem recebido, em boa hora, a oportuna contribuição oferecida em valioso e específico acervo bibliográfico, principalmente no ramo das leituras sobre folclore e cultura nordestina, de inegável valor...


    Ler mais

  • Ressaca da Copa

    15/07/2014

      "PÁTRIA E NEGÓCIO. A RESSACA DA COPA Jovens, tesudos, dinheiro caindo na sua conta ultrapassando milhões, qual o papo dessa galera protegida por seguranças particulares, forças policiais, militares de terra mar e ar, municipais, estaduais, federais? Naturalmente esbórnias casanovescas , aventuras perigosas...


    Ler mais

  • Leitura selecionadas

    12/07/2014

      Pudera! Ainda um projeto. Completei oitenta há uma semana. Milhares de páginas para ler e ainda a inevitável reflexão sobre a vida e o destino do universo. Separados, colocados na mesa na minha frente vejo os volumes escolhidos, os títulos no dorso, suspiro ante o peso do compromisso comigo assumido. Reler e anotar cada...


    Ler mais

  • Tempo de estudante

    21/06/2014

      "Sou como Ariano Suassuna paraibano de nascimento, com as almas presas, entretanto, ao nativismo e patriotismo pernambucano, que vem desde a expulsão de colonizadores batavos, do fuzilamento de Frei Caneca (que dormiu aqui nesta fazenda), da eleição de Pelópidas Silveira e Miguel Arraes. Bebemos o mesmo elixir, do orgulho e do...


    Ler mais

  • O padre Aristides e a Coluna Prestes

    09/06/2014

     Ainda há tempo para reabilitar a honra e bravura dos filhos de Piancó, manchadas por indivíduos, que falseiam a verdade dos fatos ocorridos na passagem da Coluna dos generais Miguel Costa/Siqueira Campos em Piancó, Naquele tempo Prestes era um simples capitão, não comandava, e não se falava ainda...


    Ler mais

  • Súmula brasileira I

    01/06/2014

      Em sotavento as proas Rumam a Calecute. Missão d ´El Rei anima O sangue de Amadis. Ânsia na calmaria. Resiste a lusa gente - A frota assaz pequena - No tropical tormento. Deitada em berço de ouro, Da capitânea nau à vista, A Terra de Santa Cruz Sonha com a aurora pascal. II Caem as âncoras, o porto é seguro. Em terra,...


    Ler mais

  • O ex-futuro de Princesa

    12/05/2014

     O que foi, foi. O que passou já era.” Uma explicação sobre a indiferença em relação ao passado. O presente está na inauguração de novos pontos de bebedeiras ditas “conveniência”, de novos modelos de objetos: roupas, equipamentos eletrônicos, de gatas incrementadas, que...


    Ler mais

  • Semana Santa,nenhuma tese

    16/04/2014

     Quem toca sino não acompanha procissão (Diário da Fazenda) Desde a mais tenra idade – ainda criança de colo, escutava o cochichar e o ecoar de orações e de cânticos, o desenho e o traçado de linhas ordenadas roçando na pele, que representavam sinais voltados para outro mundo. Era o...


    Ler mais

  • O inferno na Paraíba

    10/04/2014

    Reencontrei, inesperadamente, José Ronald Farias, de antiga e amistosa convivência, que há muito não via. Não nos ligava amizade estreita, mas simpatia recíproca, somente. Discretamente ele aproximou-se da mesa onde eu conversava com amigos no Manaira Shopping, sentou-se, mostrou-me um livro que...


    Ler mais

  • O PT e a governabilidade

    03/04/2014

     Eu pergunto:  – Afinal, o que permite ao ex-presidente Lula, o desplante de bancar o salvador da pátria, o...


    Ler mais

  • Depoimento de Argemiro

    30/03/2014

     Esta data, este o assunto. Alusivos à “Revolução de Março”? Guardo a memória do dia e do período em que aconteceram. No dia estava na Faculdade de


    Ler mais

  • Ezra Pound e Hildeberto Barbosa

    23/03/2014

     Sessenta e oito anos de empenho foi quanto levou a composição do “CANTOS” de Ezra Pound (Nova Froneira 2012), ele o afirma, e também contam os biógrafos e...


    Ler mais

  • O inverno e a seca

    18/03/2014

     Li, vi e escutei em Zé Euflávio sertanejo impenitente que mora na praia, mas não esquece o sertão do Piancó, Santana de Garrotes principalmente, a sua terra de...


    Ler mais

  • O PT, Lula e Bonaparte

    03/03/2014

     Desde que o homem reuniu-se em sociedade e definiu regras de parentesco e de propriedade de bens materiais e até imateriais, o poder tem sido exercido no modo: manda um, ou mandam todos. Assim na monarquia, quando somente um...


    Ler mais

  • Teixeira de Jório Machado

    16/02/2014

     Semana passada no meu turismo pelo interior (como naquela marcha de carnaval "festa do interior", sem fagulhas nem pontas de agulhas), animado e feliz visitei Puxinanã, beleza de lugar com o encantado cognome cidade dos lajedos, deliciei-me na observação da criativa arquitetura incorporando o afloramento de rochas. E a população...


    Ler mais